A guerra de Trump

- Atilio A. Boron

Soan os tambores de guerra na Casa Branca e non sería de estrañar que ademais de continuar coas súas operacións bélicas en Siria houbese en Washington quen crea que chegou o momento de axustar contas con Corea do Norte e Venezuela, dúas espiñas que hai moito tempo Tío Sam ten cravadas na gorxa

França: A desintegração europeia está em marcha

- Pierre Lévy

O mapa dos votos acumulados Le Pen-Mélenchon segue de maneira flagrante aquele dois NÃO no referendo de 2005. Trata-se, mais uma vez, de um fosso de classe, social e ideológico, que surge: de um lado uma casta que tem interesse na mundialização e que consegue congregar camadas médias superiores, "urbanas e educadas"; do outro, uma França popular, operária ou rural, que constitui a carne de canhão da liberdade de circulação dos capitais

França: Uma recomposição política dominada pela direita e a extrema-direita

- Maurice Ulrich

Na esquerda, se a decepção é clara para todos aqueles e aquelas que esperavam, como era justo pensar no último período da campanha eleitoral, que Jean-Luc Mélenchon iria para o segundo turno, isto não pode esconder a força de uma campanha excepcional que mobilizou milhões de homens e mulheres, políticos no melhor sentido do termo, frequentemente engajados na vida social

A agenda da indignação de Washington e as contradições da esquerda

- Emiliano Alessandroni

A esquerda ocidental, no lugar de denunciar a cooperação já evidente entre os Estados Unidos e o terrorismo islâmico, o renitente faccionismo dos nossos meios de informação e os projetos do eixo EUA-Israel de controle do Oriente Médio, oculta as incongruências lógicas da propaganda com doses maciças de emotividade

A hora da esquerda latinoamericana

- Emir Sader

É hora de que a esquerda latinoamericana retome a iniciativa e a ofensiva. Os gobernos de Mauricio Macri e de Michel Temer revelan os proxectos que a dereita ten para os nosos países, condenándoos a retrocesos enormes, á depresión económica e ao desemprego

A Europa e o ataque contra a Síria

- Manlio Dinucci

A mais recente agressão dos EUA e da NATO contra a Síria – o bombardeamento da base de Cherat – não é apenas a primeira grande confirmação da irresponsabilidade de Trump, tão criminosa como a de Obama. É a confirmação de que a mudança de uma peça em nada altera o funcionamento da engrenagem que vai tornando cada vez mais real a ameaça de um conflito militar a uma escala sem precedentes

O fator Mélenchon na França

- Aurelien Mondon

A ascensão de Mélenchon nas pesquisas é uma quebra do consenso neoliberal e um retorno à política. Se ele conseguir ir ao segundo turno, a esquerda francesa poderá, enfim, mostrar sua força real

França: Outra vez a armadilha do voto útil?

- Serge Halimi

A União Europeia tornou-se indiferente às escolhas democráticas dos seus povos, certa de que as orientações fundamentais dos Estados-membros estavam aferrolhadas por tratados. Desde o voto do «Brexit » e a vitória de Trump, a política está a vingar-se. A União treme agora ao observar cada escrutínio nacional como se neles se jogasse a sua vida

Ataque de um império em decadência

- John Wight

A falta de memória de curto prazo em Washington é impressionante. Quatorze anos depois da desastrosa invasão do Iraque e seis anos depois de fazer da Líbia um Estado falido, temos aqui novamente um ato de agressão contra um Estado soberano no Oriente Médio pelos EUA

Grecia sucumbe

- Ulises Noyola Rodríguez

As autoridades europeas, no seu afán de evitar unha catástrofe inminente do programa grego, cada vez mostran máis a súa incapacidade de xestionar a crise en Europa e por iso necesitan o apoio de Washington para tomar un respiro ante a súa crise económica interminábel


Quizais quixo dicir:

Acontece

< Xuño 2017  
Lun Mar Mér Xov Ven Sáb Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    
Próximos acontecementos
Actualmente non hai eventos próximos