Portugal: Ordenar a floresta contra incêndios

- Pedro Bingre do Amaral

Portugal perde directa ou indirectamente em incêndios florestais perto de mil milhões de euros por ano, sendo plausível colocar a hipótese de mais de metade desse valor constituir externalidades directas ou indirectas do abandono a que foi votado mais de um terço do território nacional

Alemaña: O final da estabilidade política

- Angela Klein

A desigualdade social aumentou en Alemaña desde que a coalición SPD-Verdes chegou ao poder en 1998. Alemaña é, xunto con Grecia e Portugal, o país da UE coas maiores disparidades de ingresos antes de impostos e transferencias sociais, e é o país coa maior fenda de ingresos entre homes e mulleres

O que está em jogo no Curdistão?

- António Abreu

A 25 de Setembro, realizou-se um referendo no Curdistão iraquiano sobre a independência do território. Num contexto complexo, Israel defende abertamente a existência de um Estado curdo, como parte dos seus esforços para «remodelar» o Médio Oriente

Catalunha – Legalidade e Legitimidade

- Pedro Jordão

O argumento de ilegalidade agitado pelos responsáveis espanhóis é desastrado e insensato. O nosso 25 de Abril foi ilegal e inconstitucional, mas foi legítimo e comemoramo-lo solenemente. Igualmente foram ilegais as declarações unilaterais da independência dos Estados Unidos, da Bélgica (separando-se da Holanda), da Irlanda, do Egipto, do Bangladesh, da Croácia, da Eslovénia ou do Kosovo

Independência, condição de soberania

- Zillah Branco

As lutas pela independência são cada dia mais difíceis diante da concentração dos poderes internacionais nas mãos de uma elite internacional que resultou da formação da ONU sob a liderança dos Estados Unidos

Venezuela: Constituinte para aprofundar a Revolução

- José Reinaldo Carvalho

A vitória da Revolução Bolivariana na eleição da Assembleia Nacional Constituinte foi um marco no enfrentamento à radical ofensiva movida pelo imperialismo e as classes dominantes. Uma vitória que se assemelha à de abril de 2002, quando derrotou o golpe de Estado, e à do primeiro trimestre de 2014, quando fez retroceder a tentativa de insurgência violenta

Cuba, Porto Rico, Filipinas... e Catalunya?

- Marc Pons

Cuba, Porto Rico e Filipinas perderon a súa natureza de colonia e gañaron a pintoresca condición de "provincias de ultramar". Un perverso subterfuxio que pretendía deslexitimar o dereito á autodeterminación. Unha nova cadea para as vellas colonias, coa colaboración inestimábel das oligarquías españolas

Venezuela non está soa

- Alfredo Serrano

Se a orde executiva de Trump fose hai dúas décadas, a situación sería insuperábel. Neste contexto actual, malia as dificultades, si hai posibilidades reais de afrontar con éxito o intento de bloqueo grazas á diversificación de relacións económicas que Venezuela posúe

Che, 50 anos despois

- Emir Sader

A esquerda latinoamericana volvería aparecer como forza determinante na nosa historia coa resistencia ao neoliberalismo e a construción de alternativas ao novo modelo hexemónico no capitalismo. Os seus novos líderes recoñécense nos líderes do período anterior, entre eles, sobre todo a Fidel e ao Che

Catalunya: 10 respostas sobre a Declaración de Independencia

- Jordi Graupera

O que pasou o día 1 de outubro é a derrota do Estado como ferramenta de control do territorio e a vitoria do exercicio da democracia. Por iso a xente protexía as urnas en lugar de buscar a foto simbólica da policía retirándoas, como sempre se dixo que había que facer. É o paso do simbolismo aos feitos


Quizais quixo dicir:

Acontece

< Decembro 2017  
Lun Mar Mér Xov Ven Sáb Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31
Próximos acontecementos
Actualmente non hai eventos próximos