Venezuela, guerra ou terrorismo económico

- Hedelberto López Blanch

Tras a guerra económica, co fin de culpar o goberno pola súa “deficiente” xestión, apareceron despois os representantes da dereita opositora e dos medios de propaganda que chaman a realizar cargas violentas e incendiar o país. É dicir, pasouse ao terrorismo como instrumento político-económico que supón a execución de actos violentos para propiciar unha atmosfera de pánico colectivo e destruír a orde

Eleccións en Francia: mudar sen mudar nada?

- Marco Teruggi

Macron é unha creación das clases dominantes, un remedio á enfermidade (terminal?) do bipartidismo. Ante a caída libre do modelo, acelerado coa xestión de François Hollande (PS) apareceu este candidato de 39 anos, graduado na escola onde se forman os dirixentes políticos franceses, exbanqueiro en Rothschild e exministro de Economía no último goberno

Brasil: Greve geral sinaliza novo rumo à esquerda

- Tarso Genro

O que o Brasil também demonstra, com esta greve, é que as reformas liberal-rentistas – pelas quais os assalariados perdem algo do pouco que tem e se aproximam da miséria –  podem sofrer, aqui, uma dura resistência coletiva

Lutas ideológicas no capitalismo contemporâneo

- Prabhat Patnaik

É significativo que Trump, que tem proposto agressivamente uma política proteccionista de "empobreça meu vizinho", chegando ao ponto de penalizar investimento directo estrangeiro por firmas americanas para atender o mercado interno dos EUA, não tenha uma palavra a dizer sobre restrições ao capital financeiro globalizado

Brasil: Greve geral, 100 anos depois

- Eduardo Alves Siqueira

Para o dia 28 de abril de 2017 está marcada uma greve geral em todo o Brasil. A “reforma” da previdência e o projeto de terceirização, propostos pelo governo de Michel Temer e apoiados pela maioria do Congresso Nacional, motivaram sua convocação por parte dos sindicatos, centrais sindicais e movimentos sociais

Francia: 7 de maio, un escenario electoral máis aberto do que moitos confían

- Dabid Lazkanoiturburu

A Francia urbana (Macron) fronte á Francia rural e periurbana (Le Pen), a xente con estudos e ingresos (Macron) fronte aos empregados e obreiros (Le Pen). E todo apunta a que a sima agrandará porque Mélenchon captou o voto xuvenil e pugnou con éxito coa ultradereita no voto da xente con poucos ingresos e dos parados

A guerra de Trump

- Atilio A. Boron

Soan os tambores de guerra na Casa Branca e non sería de estrañar que ademais de continuar coas súas operacións bélicas en Siria houbese en Washington quen crea que chegou o momento de axustar contas con Corea do Norte e Venezuela, dúas espiñas que hai moito tempo Tío Sam ten cravadas na gorxa

França: A desintegração europeia está em marcha

- Pierre Lévy

O mapa dos votos acumulados Le Pen-Mélenchon segue de maneira flagrante aquele dois NÃO no referendo de 2005. Trata-se, mais uma vez, de um fosso de classe, social e ideológico, que surge: de um lado uma casta que tem interesse na mundialização e que consegue congregar camadas médias superiores, "urbanas e educadas"; do outro, uma França popular, operária ou rural, que constitui a carne de canhão da liberdade de circulação dos capitais

França: Uma recomposição política dominada pela direita e a extrema-direita

- Maurice Ulrich

Na esquerda, se a decepção é clara para todos aqueles e aquelas que esperavam, como era justo pensar no último período da campanha eleitoral, que Jean-Luc Mélenchon iria para o segundo turno, isto não pode esconder a força de uma campanha excepcional que mobilizou milhões de homens e mulheres, políticos no melhor sentido do termo, frequentemente engajados na vida social

A agenda da indignação de Washington e as contradições da esquerda

- Emiliano Alessandroni

A esquerda ocidental, no lugar de denunciar a cooperação já evidente entre os Estados Unidos e o terrorismo islâmico, o renitente faccionismo dos nossos meios de informação e os projetos do eixo EUA-Israel de controle do Oriente Médio, oculta as incongruências lógicas da propaganda com doses maciças de emotividade


Quizais quixo dicir:

Acontece

< Maio 2017  
Lun Mar Mér Xov Ven Sáb Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31        
Próximos acontecementos
Actualmente non hai eventos próximos